Estados Unidos Brasil

Intercâmbio e Cursos para Estudar e Trabalhar nos Estados Unidos

Menu

Perguntas Frequentes

Dicas

  • Vacinas para viajar aos Estados Unidos

    Muitos se perguntam se é necessário estar vacinado contra a febre amarela para ir para os Estados Unidos. Relaxe, para lá não é necessário; entretanto, para as pessoas que desejam ir para lá fazendo uma paradinha no Panamá (realizando imigração), a vacina é obrigatória.

    Não se esqueça que ela é exigida apenas se você entrar efetivamente no país, passando pela imigração deles, o que não é o caso quando se faz apenas uma escala ou conexão. Há vôos da Copa Airlines para os EUA com escala no Panamá. O aeroporto de Tocumen tem uma “área comum” pra conexões que engloba todos os portões de embarque, se você não sair dessa área, não há necessidade da vacina, você só precisa da vacina se efetivamente sair dessa área de portões de embarque (isto é, se passar pela imigração panamenha).

    Caso venha a se vacinar, lembre-se que se deve tomar a vacina dez dias antes de viajar e que as pessoas que foram imunizadas há mais de dez anos devem tomar uma dose de reforço da vacina, pois sua validade é de somente 10 anos; e também de levar a Carteira Internacional de Vacinação comprovando!

  • Contato da Embaixada Brasileira nos Estados Unidos

  • Qual voltagem e tipo de tomada nos Estados Unidos?

    Aparelhos Elétricos

    A voltagem padrão em todos EUA é de 115-120 volts (corrente alternada). Aparelhos de outras voltagens só funcionam com conversor e adaptador para tomadas americanas, de duas pontas chatas. Você pode encontrá-lo em lojas locais.

    Tipo de Tomadas

    tomada-padrao-americano[1]

  • Compras e Impostos nos EUA

    Os preços no USA sempre serão mais atrativos que em qualquer outro lugar do mundo.

    Mas acontece que cada estado possui uma alíquota diferente para taxar os produtos (muito semelhante ao nosso ICMS). No entanto, na América você consegue perceber isso na hora: por exemplo, você escolhe um produto na prateleira do supermercado que está com o valor de US$ 10 e na hora de pagar ele sai por US$ 10,82 – algo que não ocorre no Brasil.

    Veja abaixo o valor cobrado nos principais estados norte-americanos:

    • Alaska 0% – TAX FREE
    • Califórnia 8,25%
    • Colorado 2,9%
    • Flórida 6%
    • Hawaii 4%
    • Indiana 7%
    • Maine 5%
    • Massachusetts 6,25%
    • Michigan 6%
    • Minnesota 6,875%
    • Mississippi 7%
    • New Hampshire 0% – TAX FREE
    • New Jersey 7%
    • New York 4%
    • Oregon 0% – TAX FREE
    • Pennsylvania 6%
    • Rhode Island 7%
    • Tennessee 7%
    • Texas 6,25%
    • Utah 4,7%
    • Vermont 6%
    • Washington 6,5%
    • Distrito da Columbia (Capital Federal) 6%
  • Como telefonar dos Estados Unidos para o Brasil?

    A forma mais econômica de ligar para o Brasil é com um cartão telefônico, à venda em qualquer loja de conveniência e que pode ser usado em qualquer aparelho público. Os cartões são nos valores de US$ 5, US$ 10 e US$ 25. Para chamadas a cobrar no Brasil, fale em português digitando os seguintes códigos (EMBRATEL): 1-800-3441055 – www.embratel.com.br

    O preço das ligações internacionais varia de país para país. No caso de chamadas a cobrar no Brasil, o desconto começa a vigorar às 20h e é válido também aos domingos e feriados.

    Os códigos telefônicos dos EUA são:

    • EUA – 1
    • Orlando – 407
    • Miami – 305
    • Nova York – 917 ou 212

    Emergência

    Para casos de emergência, como ambulância, incêndio e policia, é só discar os famosos três dígitos: 911

  • Quais são os feriados nos Estados Unidos?

    Existem diversos feriados federais e estaduais e ate municipais nos Estados Unidos.

    Veja a lista atualizada de Feriados do USA.

  • O que é Jet Lag?

    O jet lag é a perda de ritmo e concentração ao se passar por fusos horário diferentes em pouco tempo. Seu sintomas consistem em irritabilidade, dor de cabeça, cansaço e alteração dos padrões de sono e fome. Esse tipo de alteração ocorre devido às mudanças de hábitos (hora de comer e de dormir, por exemplo). Os efeitos do jet lag são mais evidentes quando a diferença de horário entre o ponto de saída e o destino é superior a quatro horas. São necessários, em média, um dia de descanso para cada hora de diferença.

  • Qual o fuso horário nos EUA?

    Todos os fusos horários são medidos a partir de um ponto central no Observatório de Greenwich, na Inglaterra. Esse ponto é conhecido como o Meridiano de Greenwich. O fuso horário oriental nos Estados Unidos é o horário médio de Greenwich menos cinco horas (-5 GMT). Quando lá o relógio mostra meio-dia, são 5 horas da tarde no Observatório de Greenwich.

    Na porção continental dos Estados Unidos existem quatro fusos horários: Oriental, Central, Montanha e Pacífico. Quando é meio-dia no fuso Oriental, são 11 da manhã no Central, 10 no fuso Montanha e 9 no Pacífico. Para ver as divisões horárias, clique aqui (em inglês).

    O horário oficial americano (Washington DC) fica em duas horas a menos que o de Brasília. A diferença pode aumentar no período do horário de verão.

  • Como eh o clima nos Estados Unidos?

    Como o país é muito extenso, o clima varia entre as regiões do país. A Flórida tem um clima subtropical, enquanto que o Alasca tem um clima polar. Grande parte do país possui um clima continental, com verões quentes e invernos frios. Certas partes dos Estados Unidos, como a Califórnia tem um clima mediterrânico. No geral, porém, a maior parte do país tem clima temperado ou sub-tropical, marcado por quatro distintas estações, com mudanças regulares de temperatura e precipitação.

    Veja mais conhecendo as cidades dos Estados Unidos.

  • Como levar dinheiro para os Estados Unidos?

    Solicite gratuitamente seu VISA TRAVEL MONEY em uma de nossas agencias:

    O VTM é um cartão pré-pago internacional, recarregável, que pode ser utilizado para saques (rede Plus) e compras (rede Visa) em mais de 200 países.

    Ao adquirir um Rendimento Visa TravelMoney, você terá as seguintes vantagens:

    • Aceito em mais de 30 milhões de estabelecimentos credenciados à rede Visa (restaurantes, hotéis, farmácias etc.) e 1,8 milhões de caixas eletrônicos filiados à rede Plus distribuídos por mais de 200 países;
    • O cartão é carregado em dólar americano, euro ou libra esterlina e as compras e saques são realizados na moeda local do país em que estiver;
    • Vantagem exclusiva: economia de 6% de IOF em relação ao cartão de crédito;
    • Sem risco de variação cambial contra a alta da moeda carregada no cartão;
    • Podem ser recarregados quantas vezes quiser, mesmo à distância;*
    • Disponibilidade de cartões adicionais para acessar o mesmo saldo*;

    Clique aqui para solicitar o seu Visa Travel Money

  • Dinheiro, cartões de crédito, Traveler checks?

    A moeda dos EUA é o dólar. Mas além do dinheiro em espécie há outras formas, até mais práticas, de se levá-lo.

    Cartões de credito são seguros e aceitos em todos os lugares. Também permitem sacar dinheiro nos caixas eletrônicos. São imprescindíveis para quem vai fazer uma viagem internacional, pois não deixa de ser uma forma de se ter mais segurança, principalmente em relação aqueles gastos que não foram previstos no roteiro inicial.

    Traveller-Checks – Tem seguro e são numerados. Podem ser adquiridos em bancos.

  • Socializar e aprender inglês mais rápido

    Não se esqueça de socializar com os locais! Muitos viajam com o intuito de aprender a falar inglês mas, quando chegam lá, se sentem sozinhos, desamparados e encontram outros estrangeiros que passam pela mesma situação. Na maioria dos casos os outros estrangeiros são brasileiros também, o que acaba facilitando bastante e as pessoas tendem a se “unir para sobreviver”. Mas aqui fica uma dica: americano não morde! Se existe algo que o povo da América do Norte aprendeu foi ser educado e respeitoso para com o próximo, especialmente com o estrangeiro. Não que sair com brasileiros, argentinos, taiwaneses seja negativo ou ruim, não é mesmo; mas se lembre que um dos motivos da sua viagem foi para aprender outro idioma e viver em outra cultura!

  • Comprar carro nos USA

    Outra dica fica para que for ficar mais tempo por lá: como o sistema de transporte público americano não serve como referência, o que quase todo mundo faz é rachar um carro. Se estiver morando com algum colega de quarto ou desejar comprar você mesmo, saiba que é extremamente barato comprar um carro usado por lá, algo em torno de uns US$ 1.300,00 – mas lembre-se de ter consigo sua carteira internacional de motorista ou de fazer a local por lá (dependendo do período da estadia).

  • Como se alimentar gastando pouco?

    McDonald’s é extremamente barato e, para quem gosta de seus famosos hamburguers, é uma ótima opção para o seu bolso! No entanto, não se esqueça, existem diversas redes de fast-foods que nem existem no Brasil e por lá são consideradas superiores ao próprio McDonald’s. Ou seja, não fique preso aos seus hábitos brasileiros – você estará em outro local, aja localmente, afinal, comer McDonald’s se come em casa!